Nomad: Megalobox 2 #3 | Se você descarregar a podridão prejudicial das raízes, não bloqueie a boca da anfóra

Nomad: Megalobox 2 #3 | Se você descarregar a podridão prejudicial das raízes, não bloqueie a boca da anfóra

Joe e Chefe agora estão trabalhando juntos para ganhar o torneio e, em busca de descobrir se a esperança que viu na comunidade era verdadeira ou só ilusão, Joe confronta seus traumas enquanto Chefe avança com sucesso no torneio.

Nesse episódio a maré está começando a virar para o Nômade, conforme o episódio vai passando conseguimos notar um semblante mais alegre se formando em Joe. No episódio ele vai aos poucos superando a culpa envolvendo Nanbu, ele aceita que precisa seguir em frente em vez de se autodestruir, é muito bom no fim no episódio enfim ver Joe sorrir. A construção de um paralelo entre Chefe e Joe fica melhor a cada episódio, vemos as semelhanças entre os dois e como isso influencia neles. Para Joe chegar até o ponto em que está, recuperando suas esperanças, o Chefe foi algo essencial, conhecendo o passado dele e entendendo que é possível sair do fundo do poço.

Descobrimos que Chefe um dia já esteve na mesma situação que o Nômade, vagando por aí e abusando de analgésicos, logo após a morte do filho Carlo. Chefe consegue se reerguer depois de perceber que precisava ser melhor do que estava sendo para poder manter as promessas que fez para o seu filho antes de partir, e isso acabou casando bem com a situação do antigo campeão de Megalonia. Os dois acabam se complementando e de certa forma salvando um ao outro, seja Joe ajudando Chefe com o torneio ou Chefe fazendo Joe recuperar suas esperanças. A parceria de Joe e Chefe também é muito bem mostrada no episódio, Joe se tornou um bom instrutor, dando conselhos de como Chefe pode criar melhores chances de vencer a luta enquanto o mesmo já demonstra ser um ótimo lutador. Os dois tem uma ótima química e desenvolvem uma excelente relação de respeito e admiração um pelo outro.

Outro foco que a série está criando é em relação ao preconceito, onde vemos os cidadãos locais sendo extremamente agressivos com a comunidade de imigrantes, principalmente quando Chefe começa a subir posições no torneio, coisa que incomoda muito os mafiosos locais. A comunidade acaba sendo vandalizada em diversos momentos e até mesmo destroem o sistema hidráulico deles. A série parece planejar trazer uma grande mensagem contra a xenofobia usando esse núcleo da comunidade, e até que está funcionando bem como uma história de fundo, se desenvolvendo num bom ritmo e essa trama pelo visto vai ser essencial no próximo episódio, já que o gancho final foi um incêndio causado pelos vândalos locais.

Com outro episódio incrível e que desenvolve muito desde os personagens até a história, Megalobox 2 está sendo uma excelente continuação que acrescenta muito aos personagens e se prova cada vez mais uma continuação digna da jornada de Gearless Joe.

Hasta ver la Luz…

Money

Apenas um maluco qualquer que gosta de dar sua opinião sobre os desenhos Japonês que assistiu