Nomad: Megalobox 2 #9 | Uma só mão não basta para viver, porém a forma de viver prevalece

Nomad: Megalobox 2 #9 | Uma só mão não basta para viver, porém a forma de viver prevalece

Yukiko descobre os verdadeiros planos da Rosco para o chip, enquanto isso Joe segue com a reconstrução da academia Lugar Nenhum, agora contando com a ajuda de seus velhos amigos. Mac preocupado com seu estado mental e querendo manter acesa sua esperança, toma uma decisão.

Um episódio melancólico e poético que simplesmente me deixou sem palavras. Tudo foi muito bem encaixado e colocado, desde as analogias com o tema de encerramento e a história de Joe como Nômade, até o jeito que a história de Joe e Mac se cruzam.

Durante o episódio podemos ver o quanto Joe evoluiu desde o início da temporada até agora, cumprindo sua promessa de nunca mais fugir e proteger o que ainda tem, e como isso fez até mesmo aos poucos as crianças, exceto Sachio, recuperarem sua confiança nele. Em uma cena que se utiliza da mesma linha narrativa que a música de encerramento, sobre um Nômade em sua jornada para morrer que se encontra com um beija-flor, que sua canção faz com que o Nômade desista dessa jornada, vemos Joe junto de seus amigos protegendo seu lar, agora que o antigo campeão está de volta ele não quer cometer o mesmo erro de deixar tudo para ser destruído, ele vai proteger o que ainda lhe resta, sem fugir ou ter medo do que possa acontecer. Essa sem dúvida foi uma das cenas mais bonitas e poéticas da série, fazendo o paralelo de fundo com uma analogia aos tempos de Joe como o Nômade, enquanto mostra ele atualmente seguindo seu caminho para proteger seu lar.

Sachio também foi mais trabalhado, mostrando como após a partida de Joe ele fez o que pode para manter “Lugar Nenhum”, tentando suprir o lugar que Joe deixou quando fugiu, e isso até mesmo o fez largar seu sonho de se tornar um engenheiro para subir no ringue.Com o medo de perder mais de sua família, ele acabou decidindo se tornar a figura que Joe era para eles, de certa forma tentando escapar dos próprios erros e da culpa de ter mandado Joe embora. Num diálogo que Sachio e Joe tem no cemitério é muito perceptível o quanto Sachio quer fugir do passado, falando que a equipe “Lugar Nenhum” morreu há muito tempo, enquanto o antigo Nômade encara o passado e fala que apenas deseja ver as luzes da academia ligadas apenas mais uma vez.

O episodio se fecha com chave de ouro com Sakuma e Mac tomando uma última inciativa, em que Mac fala que, por se preocupar com seu estado mental durante as lutas e já ter cumprido seu objetivo como lutador, planeja abandonar o ringue, porém Sakuma fala que ainda tinha algo a se fazer e o lembra como a determinação de Mac surgiu vendo como Gearless Joe dominou o Megalonia, como um zé ninguém chegou ao topo e encontrou seu ápice, como Mac e Joe eram parecidos e por fim chega a conclusão: Mac desafia Joe para uma luta.

Um episódio maravilhoso que traz bastante melancolia mas também calmaria para o coração, um episódio que simplesmente te deixa sem palavras do início ao fim.

Hasta ver la Luz…

Money

Apenas um maluco qualquer que gosta de dar sua opinião sobre os desenhos Japonês que assistiu