Anime Topic 024 – Mob Psycho 100: O valor de ser você mesmo

  Várias vezes na vida nos questionamos como podemos nos destacar, seja no trabalho, escola ou em qualquer ambiente; ou também o que nos torna especiais, nossos talentos?
Nossas personalidades talvez?
É normal termos esse desejo de nos sentirmos especiais ou até únicos, queremos ser protagonistas das nossas vidas, e é sobre essa jornada em busca de reconhecimento que se baseia Mob Psycho 100.

Mob Psycho 100 é um anime de duas temporadas, totalizando vinte e quatro episódios produzidos pelo estúdio Bones sob direção de Yuzuru Tachikawa. O anime se trata de uma adaptação do Webmanga do Autor conhecido como One, que iniciou a publicação do mangá em 2012 e a finalizou em 2017, com o anime adaptando cerca de doze dos dezesseis volumes.

  Basicamente, em Mob Psycho acompanhamos o estudante Shingeo Kageyama, um tímido e “normal” aluno do Ensino Médio, que possui poderosos dons paranormais e utiliza eles pra ajudar seu mestre Arataka Reigen, um carismático charlatão no escritório de exorcismo, e está em uma jornada de aprendizado não só para controlar melhor seus poderes mas também para entender melhor seus sentimentos e se tornar popular. Nas aventuras de Mob, como Reigen costuma chamar Shigeo, também conhecemos Ritsu, irmão mais novo, protetor e amigo do protagonista; e Teruki, assim como Mob um Esper, mas diferente de Shigeo é extremamente confiante (beirando a arrogância); e também vemos os desencontros deles com a misteriosa organização paranormal conhecida como “Garra”.

  Mob é um anime especial justamente pela forma que ele interage com seu tema de “o que é ser especial?”, é interessante ver como cada personagem tem seu ponto de vista sobre o que o torna alguém especial e como isso interfere em suas relações, sendo um ótimo exemplo a relação dos irmãos Kageyma, pois enquanto Shigeo via seu irmão como alguém especial por seus talentos em estudo e de comunicação, olhava o mesmo com muita admiração e carinho, Ritsu via seu irmão como alguém especial pelos seus poderes psíquicos, chegando até mesmo olhar para seu irmão mais velho com medo de que algum dia ele pudesse simplesmente se cansar e destruir tudo com esse poder. Essa relação é muito bem construída e é desenvolvida de uma forma incrível na primeira temporada da série.

  Mob brilha muito em como sua trama funciona. Por mais simples que seja a história, tudo em volta de como ela é contada é feito de maneira magnífica, sua animação e visual, embora extremamente simples, sabem ser excêntricos em certas ocasiões e acabam casando perfeitamente com tudo que a obra deseja passar, deixando interessante até mesmo arcos com propostas clichês, como o resgate de um personagem ou até uma grande batalha pra evitar a dominação mundial. Justamente por isso, sua simplicidade, é o que também torna Mob uma série especial.

  A simplicidade com que Mob funciona e trabalha seus personagens é maravilhosa, é um belo reflexo da vida, mostrando como não é um talento ou um dom que nos torna especiais, o que faz isso somos nós mesmos quando nos colocamos como protagonista de nossa própria vida, algo muito bem mostrado no arco do Reigen, um dos arcos mais bonitos e bem escritos que eu já vi na vida por sinal, mostra como muitas vezes nos sentimos na busca de não sermos apenas mais um na multidão e que ensina que talentos e dons são apenas características, e no fim o que importa é ser gente boa, como diz o próprio Reigen em seu primeiro encontro com Mob.

  O que mais posso falar sobre o anime é como sua comédia funciona bem, com um timing cômico excelente e piadas nonsense muito bem feitas, é ótimo também para dar uma risadas, assim como tem momentos de encher os olhos de lágrimas (o episódio nove da segunda temporada que o diga). Isso sem falar de suas aberturas e encerramentos que possuem músicas incríveis e são um belo show psicodélico a parte.

  Mob Psycho 100 é uma excelente obra, que nos ensina muito sobre o que realmente é ser especial e como podemos alcançar isso, e ao mesmo tempo é um anime extremamente divertido e bem humorado, fica aqui muito mais que recomendado para quem ainda não assistiu conferir. O anime pode ser assistido oficialmente através da Crunchyroll e possui uma maravilhosa dublagem em português.

Vitto

Após fracassar em conseguir uma armadura de bronze, decidiu escrever sobre cultura japonesa. De vez em quando sai algo bacana. Já te disse que tenho um blog?