AnimeTopic 012 – Nisekoi

  Opa, pessoal! 
  Hoje trarei uma crítica sobre o anime Nisekoi. Ele é dirigido por Naoyuki Tatsuwa e Akiyuki Shinbo no estúdio Shaft!
  Nisekoi retrata a história de Raku Ichijou, filho de um líder da facção Yakuza; e Chitoge, filha de um chefe de uma gangue rival conhecida como Colmeia. Apesar deles terem se encontrado por total acaso, Chitoge Kirisaki acaba se tornando colega de classe de Ichijou e eles acabam por não se gostarem muito. É um típico romance clichê, onde o ódio facilmente se torna amor, além de termos algo como “os opostos se atraem”, já que Chitoge é agitada e Ichijou é calmo. Quando se encontraram pela primeira vez, Chitoge meio que deu uma joelhada em Ichijou e o fez perder um pingente que recebeu do seu amor de infância e ele a faz ajudá-lo a procurar. 
  Aí nós temos meio que um adiantamento na trama que eu poderia até dizer que foi um pouco forçado. Nosso protagonista Ichijou descobre que as gangues Yakuza e Colmeia querem resolver seus problemas juntando seus herdeiros, ou seja, ele teria que ficar com a Chitoge, a menina que ele não gostava e que também não gostava dele. Para despistarem suas famílias, eles logo decidem fazer um falso namoro e trazer a paz entre as gangues. O único problema é que além deles não se gostarem, Ichijou já tinha uma queda por sua colega de classe Onodera.

  Simplificando os fatos, Ichijou tem um pingente de fechadura, onde o seu amor de infância teria a chave que o abre. Então, na trama, temos a presença de várias garotas que possuem chaves e que podem supostamente ser o seu amor é assim a trama vai se desenvolvendo. A primeira temporada do anime foi bem divertida e construtiva, nos levando ao apego aos personagens e a escolhermos nossas preferidas, já que cada garota tinha uma personalidade única. 
  O único porém nesse anime é que, se você quiser realmente saber o final da trama e o que acontece com cada personagem, você vai ter que ler o mangá. Simplesmente não temos a continuação dos episódios, mas temos alguns ova’s (que não se ligam a história). Então, infelizmente não temos o término da história deles, apesar de ter dado a entender que eles conseguiriam ficar juntos, nós sempre queremos ver até o fim, certo?
  Mas para quem gosta de clichê, é uma boa pedida. É um típico romance que faz você rir e se encantar com os personagens.
  Esse anime tem que ser comparado com um traque de massa, gente!
  “Mas como assim, redatora?”
  Tipo, você olha um traque de massa e vê algo pequeno e frágil, mas que te chama atenção porque quando você o joga, ele estoura. E isso é Nisekoi!
  Apesar de parecer algo simplista, quem terminou a história acompanhando o mangá vai entender que não é “só aquilo”, sabe? É um casal real, que sorriram juntos, se magoaram, que venceram as dificuldades e etc… Como eu disse, é super válido dar uma chance e assistir esse anime!

Vitto

Após fracassar em conseguir uma armadura de bronze, decidiu escrever sobre cultura japonesa. De vez em quando sai algo bacana. Já te disse que tenho um blog?