Reload! #10 | O que esperar da próxima trilogia do Homem-Aranha

Reload! #10 | O que esperar da próxima trilogia do Homem-Aranha

A trilogia do Homem-Aranha do UCM mal ganhou sua conclusão nas telonas e as especulações sobre o futuro do personagem já estão pipocando na mente dos fãs, por conta da renovação da parceria entre a Sony e a Marvel para mais uma leva de filmes ter sido concretizada. Os eventos recentes dos filmes do herói deixam margem para a adaptação de algumas histórias bem interessantes, então estamos aqui hoje para especular sobre quais os rumos que as histórias do cabeça de teia tomarão nos próximos filmes. Como cada filme tem um intervalo de mais ou menos dois anos, temos uma margem de pensamento para suas próximas histórias, começando em…

Homem aranha: Ultimate

Por conta dos acontecimentos de No Way Home, é natural esperar por um novo começo, afinal nós terminamos o filme vendo o Peter Parker voltando para o marco zero de sua vida heroica, a vida dupla como estudante universitário e o bom e velho amigo da vizinhança. É um novo frescor para as histórias da versão do Tom Holland e, além disso, é a chance da Marvel adaptar o personagem de uma maneira mais fiel aos quadrinhos daqui em diante, e isso pode ser feito justamente na versão que ainda não ganhou vida nas telonas de maneira propriamente dita: O Homem Aranha Ultimate!

Com algumas adaptações, como por exemplo a saga ser ambientada já nos tempos de faculdade de Peter ao invés da escola, acho que essa seria a escolha perfeita para o ambiente que podemos vislumbrar para o herói. Veremos um Peter Parker entrando na Faculdade Empire State, tendo que lidar com todas as responsabilidades de sua “nova” vida independente a partir de agora, conciliando estudos, trabalho e sua vida como Homem-Aranha, num panorama bem diferente das fases anteriores da Marvel.

O foco das próximas produções do UCM está no espaço, porém a partir de agora ele é um dos grandes heróis que sobraram para defender a terra de ameaças mais “pé no chão”, visto que os Vingadores já não são mais a mesma coisa de antes, então os holofotes estão nos heróis que sobraram de Ultimato, como ele. Além disso, como já podemos ver um pouco em No Way Home, o personagem pode tem a chance de interagir bem mais com outros heróis e vilões urbanos como Demolidor e possivelmente o Rei do Crime, que já foi apresentado na série do Gavião Arqueiro. E já que falamos de sua fase na faculdade, com certeza podemos esperar Gwen Stacy e Harry Osborn ganhando suas versões live-action no UCM, explorando esse outro leque de coadjuvantes das histórias do Homem-Aranha. E que lugar melhor para conhecer jovens tão poderosos quanto ele, como Kitty Pride, Johnny Storm e Bobby Drake por exemplo?

Eu sei, pode ser viagem demais pensar em X-Men e Quarteto Fantástico tão cedo assim, mas não seria nenhuma surpresa ver esses e outros personagens sendo introduzidos aos poucos em franquias já existentes num futuro próximo, antes de ganharem seus próprios filmes, onde já chegariam como personagens estabelecidos no UCM. Talvez com os eventos pós Multiverso da Loucura isso se torne completamente viável, os rumores e vazamentos apontam para esse caminho, então só nos resta esperar para ver.

Sobre os vilões, o Escorpião seria a escolha mais adequada por enquanto. O personagem já deu as caras na cena pós-créditos do primeiro filme e está até agora esperando uma oportunidade de se destacar como um vilão propriamente dito de um filme, falta só a Marvel querer fazer. Seria um primeiro vilão perfeito para a fase em que o Homem-Aranha está, nada muito profundo, porém psicótico o suficiente para afetar um Peter Parker solitário, tendo que lidar com a morte recente de sua tia e o esquecimento de todos aqueles que amava e se importava. Um assassino louco o bastante para fazer com que o Homem-Aranha se una a um certo simbionte para conseguir derrotá-lo.

Sim, eu acredito fortemente que também veremos o começo do uniforme negro aqui, pois como vimos na cena pós-créditos do terceiro filme, uma parte do Venom ficou no UCM, então é de se esperar que essa versão do aracnídeo dê as caras no cinema logo cedo, como sendo o ponto de virada para que o herói vença a luta contra o Escorpião e passe a ser uma nova versão do cabeça de teia, uma versão mais sombria do que estamos acostumados a ver no UCM. Com toda essa trama, o destaque que o herói passa a chamar para si de agora em diante como um dos grandes defensores da Terra (ou pelo menos de Nova York), irá desembocar em…

Homem aranha 2 – A Última Caçada de Kraven

Sim, uma das histórias mais pedidas pelos fãs desde sempre pode ser mais uma prestes a ganhar vida, ainda mais agora que sabemos que um filme solo do Kraven está sendo desenvolvido pela Sony. Não seria exatamente difícil encaixar o personagem dentro do UCM, visto que a parceria entre Marvel e Sony é bastante maleável quando as possibilidades de lucro tendem a ser astronômicas como foram em No Way Home, então é de se esperar que as duas consigam entrar em acordo para filmes pontuais como esse. Mas voltando ao enredo, toda essa atenção atraída pela figura do Homem-Aranha poderia facilmente atrair Kraven até os Estados Unidos para reproduzir a icônica saga dos quadrinhos, onde o vilão caça o herói para se sentir completo como o maior caçador de todos, considerando o amigão da vizinhança como um animal exótico, seu grande objetivo e, acima disso, uma forma de recuperar sua honra em uma última grande caçada.

Seria a saga ideal para lidar com um Homem-Aranha mais denso, num tom mais depressivo que o uniforme negro sempre traz a tona, além de continuar suas conexões com o plano de fundo de heróis urbanos que estará se construindo nas próximas produções do MCU, com um Rei do Crime orquestrando ataques ao cabeça de teia para acabar com o herói, começando com o Escorpião no primeiro filme, que seria um assassino mais de primeiro impacto, e no segundo filme uma ameaça definitiva como o Kraven, um vilão capaz de testar Peter Parker aos seus limites, talvez até mesmo o fazendo cogitar ir além deles.

Uma personagem que poderia aparecer aqui também seria a Gata Negra, como uma forma de fazer com o herói recobre a consciência antes de trilhar um caminho do qual não faz parte, algo que a personagem já teria experiência e poderia servir para abrir os olhos do Homem-Aranha de uma vez por todas de que existe algo errado com ele, mais especificamente com o simbionte, fazendo com que ele largue de vez essa fase durante o combate contra Kraven e retorne de forma triunfal as suas origens no final do filme, renascendo como herói e como pessoa, mostrando mais uma ver ser digno do manto e do legado que carrega.

Homem Aranha 3 – A morte de Peter Parker

Esse é um desfecho que considero inevitável, afinal, já o vimos acontecer com Chris Evans e seu Capitão América ou com o Tony Stark de Robert Downey Jr. Nessa altura da saga, Tom Holland já estaria vivendo o seu sexto filme solo do herói no UCM, fora suas participações em outros filmes que já vimos e os que estão por vir, com um cachê que cresce exponencialmente e um acordo entre as empresas que não deixa muito claro qual seria o futuro envolvendo o ator, então é de se esperar que ele saia das mãos da Marvel como uma forma fechar o fechar seu ciclo vivendo o herói definitivamente nesse terceiro filme, ou que ao menos continue de forma exclusiva no universo da Sony. De qualquer maneira, esse filme teria um papel muito importante, de ser uma grande celebração ao legado construído pelo Homem-Aranha do Tom Holland até então.

E porque não fazer isso num grande épico, trazendo para o fechamento da trilogia o nêmesis fatal do herói aracnídeo, a sua versão do icônico Duende Verde: O Duende Macabro encarnado por Ned Leeds, seu ex-melhor amigo. Esse é outro desejo antigo dos fãs desde que o personagem foi adaptado, com a Marvel soltando referências aqui e ali sempre que pode sobre essa versão do vilão, e alguns indícios mostram que esse pode ser o rumo do personagem num futuro próximo.

Em No Way Home, Ned demonstrou ser uma pessoa bastante suscetível ao uso de magia, visto que conseguiu facilmente reproduzir algumas coisas que outros magos precisaram de muito tempo de treinamento para chegar no mesmo nível, como a abertura de portais, por exemplo. Mesmo que ainda de forma meio caótica, ele já demonstrou ter uma afinidade com magia bem maior que muita gente, além de ser o responsável por libertar o Doutor Estranho da dimensão espelhada, ainda que acidentalmente, mas mesmo assim foi algo que o Mago Supremo não conseguiu por conta própria.

Todos esses eventos ainda estão na memória desses personagens, afinal o feitiço apagou apenas a identidade de Peter Parker da mente de todos, então não seria de se espantar que o Ned acabe se aprofundando nas artes místicas dali em diante e, por conta do seu dom, ele pode ser poderoso o suficiente para chegar no ponto onde o feitiço do Doutor Estranho o afetou, fazendo com que ele tenha acesso a sua vida anterior pré No Way Home, porém deixando o personagem “quebrado” por conta disso, com suas duas vidas entrando em conflito dentro de sua mente, o levando a confrontar o Homem-Aranha no processo.

Isso faz muito sentido se pararmos para pensar em algumas situações que a Marvel já definiu como a sua maneira lógica de ver as coisas, mais especificamente quando vemos o episódio do Doutor Estranho na animação What If…?, onde fica determinado que certos eventos não podem ser mudados nunca, por mais que qualquer ser tente interferir. Essa transformação do Ned pode ser um desses eventos, já que todos os melhores amigos do Homem-Aranha fatalmente se tornam uma versão do Duende Verde no fim das contas. Seria a forma de bagunçar de uma vez por todas a cabeça desse Peter Parker com uma nova versão do vilão que tanto o atormentou em No Way Home, interpretado por Willem Defoe, porém dessa vez com novas e profundas camadas. Seria seu melhor amigo completamente quebrado, usando suas maiores fraquezas contra ele, até mesmo tudo que eles já viveram juntos.

Seria provavelmente nesse ponto que a MJ da Zendaya retornaria para acrescentar ainda mais pontos a esse conflito, fazendo dela a refém para atrair o Homem-Aranha para o teste final do herói: redimir seu melhor amigo ou salvar seu grande amor. E claro, com certeza alguém vai morrer no processo, e eu não me surpreenderia que fosse o Homem-Aranha, ao tentar fazer as duas coisas.

Outra situação interessante, porém um pouco mais difícil, é que esse Duende Macabro ajude a trazer um outro vilão para esse filme, um vilão de fato, o Venom. E não, não é esse que você está pensando, mas sim a versão do MacGargan do Venom. Calma que eu explico.

Além de ser o Escorpião, o personagem também deu vida a uma versão muito pesada do simbionte, além de também fazer parte dos Vingadores Sombrios nas HQs, que é outra saga muito pedida pelos fãs e tem tudo para ser adaptada num futuro próximo. Mesmo assim, não vejo muito como ele poderia ser usado aqui nesse enredo, pois sua entrada nesse contexto poderia soar como uma cópia do Homem-Aranha 3 de Sam Raimi, como foi com o Harry Osborn como um vilão parcial e posteriormente o Venom como vilão de fato.

Mas eu ainda torço muito para que consigam fazer isso de alguma forma, talvez até se baseando novamente no fim de sua versão Ultimate, num filme de sucessivas lutas que levariam o herói a exaustão, primeiro contra o Duende Macabro de Ned Leeds e, posteriormente, um Homem-Aranha lutando já nas suas últimas forças contra um recém-criado Venom, que inclusive seria o responsável por sua morte.

Mas uma coisa podemos concordar, ele irá morrer nesse filme, abrindo espaço para a chegada de Miles Morales como um novo Homem-Aranha, talvez numa cena pós-créditos, já numa próxima renovação da geração de heróis, mostrando para o público que o legado do herói aracnídeo continua firme e forte, visto que a popularidade dessa versão do herói só cresce e sua versão live-action já existe por aí, já vimos inclusive seu tio em um dos filmes, então esse para mim seria o momento perfeito para introduzir o personagem.

Mas é claro que isso tudo é só especulação, pelo menos por enquanto né, vai que esse texto chega nas mãos do Kevin Feige um dia? Ele tem mania de planejar essas mega sagas com anos e anos de antecedência, então talvez tudo isso que estamos imaginando aqui já pode estar nas mãos de algum executivo. Se acontecer já sabem, vocês viram primeiro aqui!

E você, qual a sua aposta para a próxima trilogia do Homem-Aranha? Deixem aí nos comentários, mas tem que acertar hein!
Até mais!

Vitto

Após fracassar em conseguir uma armadura de bronze, decidiu escrever sobre cultura japonesa. De vez em quando sai algo bacana. Já te disse que tenho um blog?